terça-feira, 8 de dezembro de 2009

Saudades de Bob

Depois de tantos dias sem postar, em virtude de final de ano na escola, trabalhos diversos da pós graduação, venho colocar meu coração nesta postagem, pois o Bob, nosso cachorro poodle champanhe, que aparece no skate ao lado de Lassie, teve que ser sacrificado hoje, para nossa tristeza.
Ele já estava cego e com uma doença que no final o deixou sem comer. Seu intestino ultrapassou a musculatura e ele ficou com um grande caroço no final do corpo, próximo ao rabo. Como não tinha mais idade para operar, ficamos fazendo tratamentos paliativos, mas ele já não estava conseguindo mais fazer cocô, mesmo com remédios fortes e sentindo muitas dores. Hoje de manhã o veterinário esteve aqui em casa e disse que não havia mais nada a fazer, eu estou arrasada até agora.
Meu filho Mateus ganhou o Bob em dezembro de 1997, como presente de Natal do padrinho e ele o acompanhou por todos estes anos. Na época meu filho tinha 6 anos e o irmão Lucas, tinha 4 anos. É toda uma vida juntos. Só quem já passou por isso sabe.
No início do ano, em fevereiro, a cadelinha poodle do Lucas, Kikita, também foi sacrificada, estava com cancêr e lutou bravamente até não levantar mais.
É muito triste, pois o animal está consciente, reconhecendo a gente, mas o corpo não ajuda e não aguenta mais. Kikita e Bob eram inseparáveis, quando ela se foi ele sentiu muito a sua falta e agora, vão se reencontrar.
Beijos a todas as amigas!


4 comentários:

Maria disse...

Ana,
Sei como é triste acontecer isso com nossos animalzinhos. Mas pense em tds as coisas boas e dias felizes que foram compartilhados contigo.
bj

Mirian Sanae disse...

Olá...
Tenho certeza que ele já cumpriu sua missão aqui,afinal não são só os humanos que vem com uma missão...acredito que ele foi muito companheiro...é triste,mas irá acabar com o sofrimento dele também!!!
Muita força e coragem...
Beijos,
Mirian

Rita disse...

Oi amiga, não fica triste... não é facil dizer isso, eu estou triste. Amamos essas criaturinhas como se fissessem parte de nós. A nossa dor é grande, mas ele estava sofrendo.
Bj no seu coração e fica com Deus.

Cristiane disse...

Sentirei também falta do Bobinho. Mas sabemos que agora ele está melhor! Bjs, Cris.